Inscreve-te e tem vantagens!

Taboo - 1ª Temporada(2017)

Há 10 meses | Drama, Mistério, Thriller, |

de Chips Hardy, Tom Hardy e Steven Knight, com Tom Hardy, David Hayman, Jonathan Pryce e Mark Gatiss


A FX apostou em Taboo, uma série escrita pelo Tom Hardy, pelo seu pai Chips Hardy e com Steven Knight (criador de Peaky Blinders – 2013-). Daí, esse projeto tornou-se realidade, tendo sido criada uma série com 8 episódios, com um potencial incrível e com uma qualidade de topo.

Taboo conta-nos a história de James Delaney. Um homem que para todos era considerado morto, até voltar a Londres para receber a herança do seu falecido pai. A herança, como muitos diziam, era uma sentença de morte para quem a possuísse. Uma terra ocupada pelos índios, chamada Nootka Sound que era disputada tanto pelos ingleses como pelos americanos, sendo um ponto de partida para novas rotas de transação comercial. A partir desta fase, começamos a acompanhar as estratégias de James, as negociações com as partes interessadas e seguimos também os seus métodos de sobrevivência.

Nesta série emergimos num mundo onde a realidade e a magia se cruzam. Somos confrontados com muita História, desde as relações entre os Estados Unidos e a Inglaterra, e conhecemos uma personagem ligada ao submundo. Uma narrativa bastante crua, desprovida de qualquer elemento de suavização. A representar Inglaterra no século XIX, há um recurso aos tons escuros e ao ambiente misterioso para uma melhor caracterização da época. Com um cenário bastante bem conseguido, um wardrobe impecável que nos transmite um grande contraste visual no que toca à posição social de cada uma das personagens e figurantes.

Quanto às performances, gostaria de destacar a prestação do Tom Hardy e de Mark Gatiss. Hardy interpreta uma personagem que, a nível de personalidade e postura, não é muito diferente de algumas que ele representou no passado. Mas como ator, parece que acaba por se superar e trazer sempre um elemento novo. Acompanhado pela sua frase de eleição “I have a use for you”, Hardy consegue transmitir com sucesso todos os traços essenciais da personagem. James Delaney é extremamente metódico, focado nos seus objetivos, e sempre um passo à frente de tudo o resto. Uma pessoa inteligente, com um talento muito forte para negociações, mas consequentemente, está ligado a um amor proibido.

Mark Gatiss não fica atrás na sua prestação. Completamente irreconhecível devido à caracterização, Gatiss traz-nos o Prince Regent. Uma personagem que não tem qualquer espírito de liderança, bastante despreocupado com a governação da sua nação. Uma pessoa repugnante, desconhecendo por completo o conceito de bom senso. Mark Gatiss ficou conhecido por desempenhar o papel de Mycrof Holmes na série Sherlock (2010-), representando uma personagem que é o oposto daquilo que representou em Taboo. Um registo completamente diferente, mas que em nada falhou, mostrando a sua versatilidade.

Para o complemento da série, fomos brindados por uma banda sonora composta por Max Richten. Uma soundtrack original que, auditivamente, parece ser simples, mas que conjuga perfeitamente com a atmosfera que representa.

Uma série que contará, num futuro próximo (ou não), com uma segunda temporada que parece prometer, tendo em conta o final apresentado na primeira. As expetativas são altas para o futuro deste projeto que tem tudo para ser uma das melhores séries que por aí anda. 


Raquel Lopes
Outros críticos:
 Alexandre Costa:   9
 Rafael Félix:   9